(11) 4210-4317 / (21) 2507-1241 contato@qualitarh.com

Não há nenhum problema na recusa de uma proposta de emprego, porém receber contato de uma vaga que não seja do seu interesse pode ser um grande negócio!

Antes de falar mais sobre isso, gostaria de abordar outro assunto.

Pelo fato do meu perfil no Linkedin estar como CEO de uma consultoria de RH, recebo centenas de convites. Na maioria das vezes, falando sobre recolocação e se posso compartilhar o perfil na minha NETWORK.

Afinal, o que é Networking?

É mais simples do que pensamos: é você conhecer alguém que tem um problema, conhecer outra que tem a solução e conectar essas duas pessoas.

Num momento você é a pessoa que está com problema, no outro você faz a conexão e no outro você é a solução!

Aí eu te pergunto, quem você está sendo?

Pelo menos no Linkedin, vejo a maioria das pessoas querendo ser conectadas e quase nunca querendo fazer conexão.

Como profissional de RH, é comum propor uma vaga de emprego e receber um não como resposta, sem o candidato se dar a oportunidade de conhecer mais detalhes sobre a proposta.

Isso pode acontecer por diversos motivos: o salário não ser atrativo, a proposta de trabalho, a cultura da empresa, ou simplesmente estar satisfeito com o emprego atual e etc.

Posso dar uma dica? Independente do motivo, não faça mais isso!!! Essa é uma excelente oportunidade de fazer o verdadeiro NETWORKING!

Você pode ajudar quem está com problema (RH) a se conectar com outra pessoa que tem a solução (candidato e que nesse caso também tem um problema, precisa se recolocar). Após essa conexão, pelo menos 2 pessoas estarão extremamente gratas a você, e acredite, eles vão querer retribuir!

Digo pelo menos 2, pois essa conexão não necessariamente será a indicação de um amigo. Pode compartilhar em redes sociais que tem profissionais que o recrutador está buscando, cursos de formação correspondente a vaga em questão, dentre várias alternativas.

Seja visto, se interesse pelo outro, faça conexões!

Um dos maiores desafios de fazer o verdadeiro networking é ser interessante e jamais interesseiro.

Para isso acontecer, é necessário demonstrar interesse verdadeiramente genuíno pelo outro e não simplesmente pedir para que te adicionem no Linkedin. Pergunte para as pessoas de que forma você pode ajudá-la, participe de encontros da sua categoria (não adianta dizer que sua área é fraca e ninguém faz isso, é uma excelente oportunidade de fazer!), feiras, dentre outros.

Outro ponto chave é fazer com que as pessoas saibam que está desempregado, e entendam no que você é verdadeiramente bom, que também saibam a área profissional que você busca recolocação, o segmento que você tem mais experiência, ou interesse em atuar (se você não sabe, precisa urgentemente pensar sobre isso). Isso será ponto chave para te conectarem.

Espero ter ajudado com esse artigo. Desafio você a pensar em pessoas que estão precisando de algum tipo de ajuda (não necessariamente recolocação). Se interesse por essas pessoas e tente ajudá-las. Com certeza conseguirá boas conexões.

Um grande abraço!

Hélio Carvalho
CEO – Qualitá RH